É verdade que agora a Disney detém parte dos direitos da série Digimon?

Os Digimons agora fazem parte da família do Mickey Mouse?

Na semana passada,o grupo Walt Disney anunciou a compra de parte da 21st Century Fox (estúdios de cinema e TV, redes de televisão à cabo e empresas de TV). A partir disso, diversas comunidades de animes nas redes sociais, e alguns sites caça cliques, começaram a divulgar que, por ter comprado a Fox, agora a Disney detinha parte dos direitos da série Digimon. Afinal de contas, essa informação realmente procede?

O boato começou a rolar porque, supostamente, a Fox detinha os direitos de Digimon: O Filme (longa internacional de Digimon, lançado em 2000, que é uma junção dos três primeiros filmes da franquia).


Pôster de Digimon: O Filme, 2000.


Mas afinal, a 21st Century Fox realmente possuía os direitos dos filmes de Digimon?

Infelizmente essa notícia não é verdadeira, e vamos explicar o porque.


Antes de tudo, você precisa saber que, até agora, apenas a Saban possuiu os direitos de distribuição de todas as séries Digimon no Ocidente. A parceria entre essa empresa americana, a Toei Animation (estúdio que produz o anime), e a Bandai (empresa que produz os brinquedos) sempre se mostrou muito lucrativa para todos os envolvidos. Isso porque a Saban tem espaço na concorrida programação da TV americana, e consequentemente consegue atrair mais visibilidade e lucro para as empresas japonesas.

Sabendo disso, agora vamos ver no IMDB quais são as empresas responsáveis pela adaptação de Digimon: O Filme, para o mercado ocidental.

Informação tirada da Internet Movie Database (IMDB), o mais confiável acervo de informações sobre cinema.

Nela encontramos a Toei Animation, a própria Saban, e diversas empresas relacionadas com a Fox.


Mas por que diabos tem a Fox no meio da produção?

Bom, a resposta é bem simples. Além da Globo, qual era o outro canal que passava Digimon? Isso mesmo, a Fox Kids!

Fox Kids, canal criado a partir da parceria entre a Fox e a Saban.

No ano 2000, a Saban e a Fox possuíam uma parceria que ia muito além do que exibidora e distribuidora de conteúdo. Isso porque em 1996, a Saban tinha comprado 50% da Fox Kids, criando assim a joint venture Fox Kids Worldwide Inc.

Em 1997, essa empresa conjunta comprou uma rede de canais a cabo, que foram batizados de Fox Family e Fox Kids, alterando o nome da joint venture para Fox Family Worldwide.

Em 2001, a Disney acabou comprando a Fox Family Worldwide, incluindo o próprio acervo da Saban. Foi nessa época que o canal Fox Family se tornou o ABC Family (hoje Freeform) e a Fox Kids virou a Jetix (hoje Disney XD). A produção e distribuição das séries que a Saban possuía também passou para a Disney, como Power Rangers e Digimon.


Então vamos olhar novamente as empresas envolvidas em Digimon: O Filme no IMDB.


Isso mesmo, todas estão relacionadas a Fox Family e Fox Kids, empresas que foram compradas pela Disney em 2001.


Ou seja, a Disney não poderia ter comprado agora, algo que ela já possui desde 2001!

Você não pode comprar algo, que você já comprou.


Em 2010, a Saban retornou sob o nome de Saban Brands, e readquiriu suas séries antigas, como Power Rangers e Digimon. Porém, ninguém sabe quais temporadas de Digimon ela ainda possui direitos de exibição.

Sem falar que hoje, a Toei Animation está trabalhando com seus próprios animes no Ocidente, sem precisar da parceria da Saban. Por isso, é provável que a as séries mais antigas já tenham seus direitos de distribuição expirados.

De qualquer forma, Digimon: O Filme nunca foi da 21st Century Fox, portanto não tem nada a ver com essa recente compra da Disney.