Diretor afirma que Tai e Kari possuíam uma relação incestuosa!

publicado em  10.4.17


Todo mundo deve lembrar do episódio 21 de Digimon Adventure, não é mesmo? Após derrotar Etemon, Tai e Koromon são engolidos por uma distorção e vão parar no Mundo Real. Lá, Tai interage com Kari, até que resolve voltar para o Digimundo.

Não sei se todos perceberam, mas esse episódio é um pouco diferente dos demais. Inclusive, ele também possuiu um diretor diferente: Mamoru Hosoda, a mesma pessoa responsável pelo primeiro filme de Digimon Adventure (aquele em que o Tai e a Kari tem seu primeiro contato com o Koromon).

Recentemente, esse episódio voltou a tona, nas comunidades de Digimon, graças a uma afirmação "bizarra" postada nesse final de semana no 4chan: Tai e Kari possuíam uma relação amorosa!

A afirmação vem de uma entrevista, supostamente dada por Mamoru Hosoda para o livro "Digimon Movie Book":

Entrevistador: Vamos passar do filme e falar sobre o Episódio 21 de Digimon Adventure, que você, Hosoda-san, dirigiu pessoalmente (o episódio em que Tai voltou à Terra). Há algumas diferenças entre o episódio exibido na TV quando comparado com o OVA.
Hosoda: Eles são bem diferentes (risos). Se formos mais a fundo, o episódio 21 e o resto da série são completamente diferentes. Além disso, a roda gigante que você viu nas janelas foi uma miragem (risos). Para ser franco, a roda foi colocada lá para criar uma cena emocionalmente opressiva. Mas de alguma forma os episódios que vieram depois continuam a usá-la, e foi assim que ficou. Mas realmente, ficou realmente estranho ter uma roda gigante lá. Assim, a 2ª temporada foi feita nos moldes de uma versão modificada exibida na TV. Mas... o episódio 21 foi na verdade um sonho do Taichi (risos) ou melhor, é um episódio onde ele meio assiste a um sonho sem participar dele.... algo assim. Você também pode ver a história de amor entre os irmãos, que cruza a linha de irmãos normais e tem uma subtrama de atração sexual entre os dois.

Entrevistador: Então, talvez esse seja o motivo de a interação entre eles ser de certa forma encantadora. Como se houvesse uma intenção de flerte, quase hipnotizante...
Hosoda: Uma sutil sensação de peversão (risos). Alguém disse: "Esse episódio tem um cheiro meio que peculiar". Como quando Kari se apoiou nas costas de Tai e disse: "Não importa como me olhem, alguém saberia que não estou apenas preocupada com o meu irmão"... Bem, os adultos que assistiram a cena conseguiriam entender, mas para as crianças, eles só pensariam "que irmãzinha carinhosa".

Entrevistador: A forma como Tai cobriu a Kari quando ela molhou a cama, também foi bastante estranha. A maneira como os dubladores falam e mudaram de tom foi realmente muito estranho.
Hosoda: Araki Kae (dubladora da Kari) percebeu facilmente a intenção das cenas. Então ela interpretou seu personagem de forma bem diferente de uma irmã normal (risos). Sendo bastante extremo, o Episódio 21 foi uma história de triângulo amoroso entre Koromon, Kari e Tai.

Entrevistador: No cansativo calor do verão, Tai deitou no sofá...
Hosoda: Mas antes o Tai foi um personagem principal, certo? Mas agora ele retornou temporariamente pra casa, pensou "Como é bom estar em casa. Ah, tenho que fazer meu dever de casa!" Esse fato é como uma batalha que é comum tanto ao Tai estudante normal e o Tai herói do digimundo.

Entrevistador: Esse episódio mostra Tai num dilema, bem como Kari.
Hosoda: Você quer saber o que está acontecendo nos bastidores? Foi uma guerra entre Kari e Koromon. Com Tai deitado na cama enquanto Kari e Koromon comem uma melancia. Notou que Kari não deu uma mordida sequer? Essa ação é semelhante a uma esposa dizendo para a amante do marido "Dá ele de volta!" Ou melhor dizendo, "Eu já te dei minha parte da melancia, então pode devolver o meu marido?" (risos).

Entrevistador: Agora que você mencionou, os olhos de Kari ficaram cintilando de forma estranha, então...
Hosoda: Então você percebeu que Kari não era apenas uma irmãzinha fofinha. Ela sentiu que algo perigoso estava se aproximando de seu irmão, e queria puxá-lo de volta. Não diretamente, mas usar todas as partes femininas de seu corpo de segunda série do fundamental para levá-lo de volta. Fazendo uma analogia rápida, Kari é como se fosse uma esposa justa de 30 anos ou mais, e Koromon é uma menina ingênua de 20 aninhos (risos). Mesmo que Kari ainda seja jovem, quando uma menina ainda mais jovem conseguiu mexer com o coração do seu "marido", Kari não podia simplesmente ignorar isso. Então a situação é mais ou menos assim. "Você (Koromon) pode ter sido muito boa pro Tai no mundo digital, mas desde que eu nasci, estive com ele por 8 anos." E também, "Já sei de vocês dois há muito tempo, sei qual o tipo de relação entre vocês"... Então, é como uma história de amor bem enrolada. (risos).

Entrevistador: (Risos)
Hosoda: Então, os termos médios tendem a deixar escapar coisas horríveis. A umidade e o calor fariam os homens deixarem perder algo primata.

Entrevistador: Talvez seja essa a verdadeira causa desse humor hipnotizante. A propósito, esse episódio teve alguma coisa a ver com o episódio piloto (o primeiro filme)?
Hosoda: Ele desapareceu. Foi por isso que quando Koromon apareceu no episódio 1, ele estava tão confuso. Talvez Tai tenha pensado que aquele acontecimento era um sonho. Depois de 4 anos, quando o Tai da quinta série se lembrou. Mas Kari lembrava-se muito bem. Ela pode até vê-los... Que é por isso que ela disse "eu posso ver claramente". Não é só porque ela tem uma habilidade especial. Não, é como se ela soubesse de tudo e se aproxima do irmão mais velho. Ela é realmente uma mulher demoniacamente sedutora (risos).


Parece um pouco difícil de acreditar, não é mesmo? Mesmo tendo sido postada com a página do livro, de onde supostamente foi tirada:



Para atestar a veracidade dessa foto, nós preparamos um post investigativo: clique aqui para ler e tirar suas próprias conclusões.

Qual a sua opinião sobre isso? Tai e Kari realmente aparentam possuir um relacionamento que vai além do fraterno?
Comentários
Anônimo  

Porra, mano! Que merda doentia!

Ruki  

Bem na infância

Einã Bento Teixeira  

maluko.... eu sempre desconfie mas sempre fui ensinado que irmão n pode com irmã então acreditei que ela estava sendo carinhosa.

Sorata Kanda  

haha foda-se, q lombra

Joaquim Israel Roger Oliveira  

Vou Chora e triste essa situação :(