Digimon Fusion: Novos episódios nesta sexta-feira no CN

publicado em  7.4.16


Após um ano de espera, Digimon Fusion finalmente irá retornar a grade de programação da Cartoon Network. A série ocupará o horário das 16:30, e irá ao ar todas as sextas-feiras. A nova leva de episódios correspondem aos de número 31 ao 54 da série original, que no Japão levou o título de "Digimon Xros Wars - Os Sete Reinos e os Generais da Morte".

Preparamos um resumo com tudo que você precisa saber pra não ficar perdido na história:

No final do primeiro arco de Digimon Fusion (exibido pela Cartoon Network entre 2014/2015 - e atualmente disponível na Netflix), ficamos sabendo que AxeKnightmon na verdade é irmão do terrível Bagramon, e que ele usou Nene para criar o Darkness Loader, um equipamento similar ao Fusion Loader, só que obrigando os Digimons a se fundirem.

Mikey finalmente consegue reunir todos os Code Crown e, com a ajuda de Christopher, derrota Tactimon. Porém, Bagramon acaba os roubando e enviando Mikey, Shoutmon, Angie e Jeremy para o Mundo Real. No mundo humano, Shoutmon consegue atingir a digievolução e se torna OmniShoutmon e, com a ajuda da DigiMemória do Omnimon, eles acabam retornando ao Mundo Digital.

No período que ficou no mundo real, o Digimundo acabou sendo modificado pelo exército Bagra. Antes dividido em zonas, agora ele está dividido em sete grandes reinos, cada um governado por um Dark General. A tarefa de cada general é causar o maior sofrimento possível, criando assim energia negativa que será enviada para o grande plano do exército Bagra, o D5.

No arco anterior, Nene também revelou que era chantagiada por AxeKnightmon, que estava fazendo seu irmão (Ewan) de refém. Nessa nova saga, Ewan fará parte do time do Bagramon, e comandará o exército Midnight, que agora conta com Laylamon (Lilithmon) e Blastmon, dois antigos generais que foram rebaixados.

É bom lembrar que esse novo arco foi dublado pelos estúdios Marmac (São Paulo), diferentemente do anterior que foi pela Dubbing e Mix. Portanto, fica aquela expectativa de ver como ficou o resultado.
Anônimo  

deve ter ficado péssimo. dublagem paulista é geralmente horrorosa.