Digimon Story Cyber Sleuth: Nível inferior e novas imagens

publicado em  1.10.14


Cron e o cemitério do ciberespaço
A camada mais inferior do ciberespaço se tornou um verdadeiro cemitério, repleto de dados e detritos. Os dados desviados formam uma espécie de "dungeon", uma área estritamente perigosa. Os usuários, no geral, não se aproximam dela. Além disso, ondas digitais destorcidas compõem uma rede de comunicações chamada "Cron", que puxa tudo pra baixo. A mistura de diferentes tipos de dados faz com que fenômenos misteriosos ocorram no nível inferior (na dungeon). Que perigos esperam pelos jogadores na área mais baixa do ciberespaço?

   
   
    
   
    
   
  


Monstros que aparecem a partir de distorções do ciberespaço
Apesar de ser um lugar onde os usuários comuns não gostam de ir, o nível inferior do ciberespaço se tornou um ponto de encontro para os hackers. Neste nível, onde grandes quantidades de dados são misturados, ocorrem muitas distorções, e Digimons emergem de fendas para passear pela dungeon. Parece que hackers gostam de caçar Digimons por lá, mas... Em primeiro lugar, de onde estes Digimons estão vindo? No entanto, dizem que as distorções trouxeram algo além de Digimons...

 


Alguns dos Digimons que você irá encontrar nesse nível incluem: Hagurumon, Palmon e Terriermon. Você irá lutar contra muitos Digimons selvagens nessa área, mas com a ajuda de seus companheiros Digimons você poderá se defender do inimigo.

   
  


Algumas das cenas do jogo serão mostradas através de filmes em computação gráfica de alta qualidade. Cenas que serão produzidas pelo estúdio de animação japonês Kamikaze Douga.

   
    


A história de Digimon Story: Cyber Sleuth será ambientada num futuro próximo do Japão, nele o jogador colocará a prova suas habilidades de hacker, coletando Digimons e utilizando suas técnicas para navegar na rede. Sua missão será descobrir o que está por trás de estranhos fenômenos que vem ocorrendo tanto no Mundo Digital como no Real. O jogo deverá ser lançado entre março ou abril de 2015 para PS Vita, e a princípio será exclusivo para o Japão.
Comentários
Fernando Himura  

Será uma pena se ficar so no Japão, pois aparenta-se um prato cheio para os possuidores do PS vita e PS "vita" TV.