Agumon Hakase e o Natal em Cuba

publicado em  20.12.09

"Feliz Navidad"

Por quase 40 anos, o Natal em Cuba era proibido por decreto. Porém o Papa João Paulo II, também por decreto, declarou que o Natal voltaria a este país. Infelizmente poucos celebram esta festa no país, quase nenhum cubano pode ter acesso aos cristais que se exibem nos "lugares luxuosos" no dia de Natal. Em Cuba o Natal não é um direito, e sim um privilégio.
Enquanto em todas as parte do mundo é celebrado o Natal, Cuba tenta incorporar-se ao mundo nesse dia festivo, mas isso não basta... Já que neste dia eles tem pouco a levar à mesa.
O cubano simples não tem Natal nenhum, senão no coração de alguns mais idosos. De todos foram tirados esse direito.
Comentários